Dois maus hábitos que podemos evitar na hora de comer

18 Jun 2014

Se é verdade que a vida passa num abrir e fechar de olhos, isso não quer dizer que devemos vivê-la rapidamente. Há coisas na vida que devem desfrutar, e comer é uma delas.

Muitas vezes o ritmo de vida que levamos, vamos nos acostumando a comer muito rápido e quando nos damos conta, já adquirimos um mau hábito em nossas vidas, um hábito que certamente nos fará ganhar peso, e isto se deve a que, quanto mais rápido comermos, mais a quantidade de alimentos que vamos consumir.

A partir do momento em que começamos a comer, até que nosso cérebro envia o sinal de que já estamos satisfeitos, passam cerca de 2minutos. É por isso que muitas vezes terminamos de comer e um pouco mais tarde sentimos que temos comido demais ou com problemas digestivos. O que indica que comemos muito rápido e de mais.

O mais indicado seria comer devagar, tentando mastigar bem os alimentos antes de tragarlos e ir saboreando os alimentos.

E, como dizem, comer é um prazer, ou deveria sê-lo, assim como também o é o beber.

Geralmente tomamos líquidos com nossos alimentos. No entanto, pouco cuidado lhe damos o que tomamos enquanto comemos e a realidade é que a grande maioria tem o mau hábito de acompanhar os alimentos com refrigerante.

Beber água é importante enquanto comemos que nos ajuda a amaciar e digerir os alimentos, por outro lado, também ajuda a regular a temperatura de nosso corpo, mas os refrigerantes não têm a mesma função.

Os refrigerantes contêm gás que infla o trato digestivo, mas o mais importante é que contêm frutose.

Todos sabemos que os refrigerantes têm um alto teor de açúcar, mas poucos sabemos que a maior percentagem de adoçante em um refrigerante está constituído por xarope de milho e apenas menos de 4% é açúcar de cana. A frutose está presente no açúcar de cana, mas o é ainda mais no xarope de milho. A frutose aumenta o risco de adquirir doenças cardiovasculares e principalmente diabetes.

Então, já sabe. Vale a pena fazer pelo menos 2minutos para comer e substituir o refrigerante por água natural.

Por: Chef. Lilia Cecilia Alos Valadéz.