Estudo-do-ácido-lipóico

Estudo do ácido lipóico

Os pesquisadores espanhóis buscam desenvolver os benefícios do ácido lipóico, um potente antioxidante, contra doenças, como a Diabetes e a obesidade.

O estudo e utilização de tal substância (contida em couves, espinafres ou entranhas como o fígado) não é nova, nos círculos médicos, pois há mais de meio século se conhecem vários benefícios do ácido lipóico para a saúde.

O que é um antioxidante?

A função dos antioxidantes é a de neutralizar os produtos químicos são conhecidos como radicais livres (que existem naturalmente no corpo, mas são prejudiciais), e entre estes se encontra a vitamina C e a vitamina E, cuja função antioxidante limita-se a agir em água ou em gordura, respectivamente, enquanto que o ácido lipóico atua em qualquer um dos dois meios.

Além disso, descobriu-se que o ácido lipóico ajuda a regenerar outros antioxidantes que acabou além de suprir a sua função quando há deficiência deles.

O que agora se destaca é que, segundo os médicos, estudos recentes demonstram que o ácido lipóico melhorou os fatores de risco cardiovascular, como Diabetes, por isso que, porventura, pode ser uma nova terapia aplicável contra a obesidade e as doenças associadas a ela.

O projeto

Durante o projeto, você vai projetar uma dieta especial para os participantes voluntários que inclua uma dose regular tanto de ácido lipóico como de ácidos omega 3, e se darão dez semanas de acompanhamento, de avaliação, com a finalidade de perder peso e se manter de forma natural.

Embora o corpo o produz de forma natural, recomenda-se perguntar a um profissional de saúde sobre uma dose adicional de ácido lipóico, pois doenças como a cirrose hepática, Diabetes e arterioscleroses, que são geralmente acompanhadas por baixos níveis na produção deste.