exercicios para manter o coração saudávelFazer exercício para um coração saudável

Um estilo de vida inativo é um dos fatores de maior impacto sobre o desenvolvimento de deficiências cardíacas. Por sorte, existe um recurso excelente para prevenir estas doenças: fazer atividade física com regularidade e, principalmente, exercícios de tipo aeróbico. O que é?

O exercício cardiovascular, também chamado aeróbico é aquele que envolve grandes grupos musculares e obriga o organismo a consumir mais oxigênio, fortalece o coração e a coluna, reduz a pressão arterial, aumenta a capacidade da caixa torácica e baixa a frequência cardíaca. Caminhar, correr, andar de bicicleta, esqui, andar de skate, pular corda, pedalar, dançar e fazer aulas de aeróbica no centro de fitness, são atividades cardiovasculares.

Este tipo de atividade é a mais adequada para o coração, mas existe um outro grupo, o dos exercícios de força, estes baseiam-se na contração muscular através de movimentos repetidos. Em geral, aumentam o metabolismo e fazem ganhar muita força.

Vejamos quais são os benefícios da prática do treinamento de força para o coração.

BENEFÍCIOS DO EXERCÍCIO AERÓBICO

  • Reforça o sistema cardiovascular.
  • Melhora a circulação e contribui para a oxigenação do organismo.
  • Reduz os sintomas de insuficiência coronária por congestionamento
  • Aumenta os níveis de energia, melhorando a capacidade respiratória e a resistência.
  • Baixa a pressão arterial.
  • Aumenta a massa muscular, ganhando tônus e força.
  • Melhora a flexibilidade das articulações e a postura.
  • Fortalece os ossos.
  • Ajuda a queimar gordura corporal e manter um peso saudável.
  • Diminui o stress, a ansiedade, a depressão e as tensões.
  • Dá mais auto-estima e amor-próprio.
  • Aumenta a qualidade do sono.
  • Faz você se sentir descansado e relaxado.
  • Te faz ver bem e sentir-se saudável em geral.

PONDO EM PRÁTICA

A primeira coisa que você deve fazer é consultar com seu médico para escolher juntos um programa de exercícios de acordo com suas capacidades e necessidades. Você deve colocar quanto tempo dispõe para treinar por dia e por semana, que tipo de treinamento é o mais adequado para si, que tipo de atividades você deve evitar, como gerenciar sua medicação enquanto faz esporte, se é necessário tomar o pulso quando você fizer ginástica.

Quanto à freqüência de treinamento adequado, é importante começar com sessões de 20 ou 30 minutos, no mínimo, entre 3 e 4 vezes por semana. A Associação Cardíaca Americana recomenda que a maior frequência possível, semanalmente. De todas as maneiras, qualquer percentagem de exercícios traz benefícios para a saúde.

Deve tentar graduar em tempo, seu nível de atividade, especialmente se não usas para fazer esporte regularmente. Se você acabou de comer, espere pelo menos 1 hora para treinar, quando a líquidos, você pode incorporá-las durante o exercício.

Cada sessão deve ser dividido em três fases: aquecimento, condicionamento e alongamento:

Na primeira, o corpo passa a quietude da atividade, aquecer reduz o estresse do coração e dos músculos, elevando um pouco o intervalo de temperatura, respiração e pulso cardíaco. Você pode fazer alongamento dinâmico em baixa intensidade para começar.

A segunda etapa corresponde ao centro do treino, quando queimar calorias, se você sente dores no peito ou tontura deve parar.

Finalmente, na etapa de estiramento o teu corpo volta para a primeira fase, o pulso cardíaco, a respiração e a pressão retornam aos seus valores normais. Não deves parar de repente, quando você treina, e sim ir reduzindo gradualmente a intensidade de seus exercícios até acabar.

Para alcançar e manter a sua rotina de exercícios, o mais importante é que você se goste. Procura desfrutar de atividades e variar para não ficar entediado. Você pode usar a música, treinar em grupo e propor metas para saber aonde quer chegar com o treinamento. Não há falta que gastar dinheiro em equipamentos ou ginásios, basta calçar o tênis e sair para correr ou caminhar. Por último, procura deixar espaço em sua rotina para fazer esporte, à mesma hora todos os dias.

DICAS DE ESPORTES PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS CARDÍACAS

É importante que os exercícios sejam equilibrados, você deve evitar os isométricos, porque envolvem enrijecer os músculos contra outros ou contra um objeto fixo. Você também deve observar o estado do tempo, pois quando se treina com muita umidade, pode cansar-te mais rápido, além disso, o frio ou calor extremos dificultam a respiração, provocam dor no peito e interferem com a circulação sanguínea.

As áreas com colinas devem ser evitadas, a menos que você tenha falado sobre isso com seu médico. Se você tem que subir muitos degraus, reduz a velocidade de seu treinamento.

Quando você se sentir muito cansado ou com dores de peito, detém-se e aponta-se uma consulta com seu médico. Se você sente que seu coração bate irregularmente, descanse uns 15 minutos e controle o seu pulso. Não deve ultrapassar os 100 batimentos por minuto.

Se tiver febre ou gripe não deve fazer esporte, além disso, você deve pará-lo diante de tontura, vertigem, fraqueza, pressão ou dor no peito, pescoço, mandíbula, ombro ou braço.

Por outro lado, deve manter-se adequadamente hidratado e beber água mesmo antes de treinar. Quando interromper sua rotina por alguns dias por motivo de doença, férias, mau tempo, deve tentar voltar ao seu treinamento em forma paulatina.