hipernatremiaHipernatremia

Uma das principais complicações advindas de quadros de desidratação é a chamada Hipernatremia em que além de baixos níveis de água corporal acarreta em desequilíbrio de eletrólitos como sódio e potássio. Contudo, é essencial que fique claro que desidratação e Hipernatremia não é a mesma coisa. Uma das diferenças cruciais entre esses quadros está nas pessoas que são afetadas pela condição.

Desidratação geralmente é um quadro que se desenvolve em atletas e pessoas que não bebem água suficiente para hidratar o corpo. Já a Hipernatremia é mais comum em pessoas idosas ou em quem está se recuperando de um processo clínico como uma cirurgia, por exemplo. Algumas pessoas tem mais propensão a desenvolver esse quadro, entenda mais a respeito e conheça os seus sintomas.

O que é Hipernatremia

Basicamente Hipernatremia é um transtorno metabólico em que o corpo tem desequilíbrio de sódio apresentando uma concentração do eletrólito no sangue superior a 145 mmol/L. Consiste no contrário da Hiponatremia que é uma redução excessiva da quantidade de sódio. A enfermidade costuma ser causada por uma perda demasiada de água por meio da urina, da transpiração ou gastrointestinal.

A consequência mais grave que essa condição pode trazer é a disfunção do sistema nervoso central causada pela desidratação celular. Porém, não se trata de um transtorno comum, pessoas que são acometidas por esse problema têm dificuldades em manter o seu mecanismo de sede ativado.

Quando o organismo não avisa que existe a necessidade de ingerir água é comum que ocorra a desidratação. Levantamentos demonstram que boa parte dos pacientes que apresentam essa condição já estão internadas em hospitais se recuperando de cirurgias.

Sintomas

menino com-muita-sedeAlgo bastante sério sobre esse transtorno metabólico é que grande parte das pessoas afetadas não percebem que tem algo errado até que o quadro esteja bastante grave. Como as pessoas afetadas pela condição não tem resposta do mecanismo de sede não conseguem perceber que não estão bebendo líquidos suficientes. Dentre os principais sintomas que a condição pode apresentar estão:

  • Dificuldades cognitivas – O indivíduo pode sentir confusão mental e tonturas, isso porque o sistema nervoso central dele está sendo atingido;
  • Polidipsia (sede intensa) – Em alguns casos a doença pode causar uma sede repentina e demasiada intensa, o indivíduo bebe muita água e ainda assim sente sede. Esse também é um sintoma comum em pessoas que tem Diabetes.
  • Urina mais clara – A cor da urina pode sofrer alterações se mostrando bastante clara, como se estivesse diluída. A vontade de urinar também é intensificada fazendo com que a pessoa vá mais vezes ao banheiro.
  • Irritabilidade – Essa é a principal alteração de humor que pode acometer o indivíduo, no entanto, existem outras.
  • Extrema fadiga – Mesmo quando não se fez grandes esforços físicos o indivíduo sente que está esgotado.
  • Dificuldade para se mover – Algumas pessoas sentem que não tem controle sobre o próprio corpo.
  • Espasmos involuntários – Também é comum que essas pessoas sofram espasmos involuntários assim como convulsões e cólicas.
  • Boca seca – Esse é um sintoma que reflete a intensa desidratação do organismo.

Causas da Hipernatremia

sintomasA principal causa da Hipernatremia é o comprometimento do mecanismo de sede. Em algumas situações esse mecanismo deixa de trabalhar fazendo com que a pessoa não sinta necessidade de beber água. O quadro de Hipernatremia pode se desenvolver ainda em situações em que o indivíduo esteja passando por restrição de acesso a água.

Os grupos de pessoas que estão mais propensas a desenvolver esse distúrbios são: idosos, pessoas com danos no hipotálamo, pacientes de doença renal, pacientes em recuperação de infecção aguda, indivíduos que consomem muito sal, atletas que estejam treinando excessivamente, pessoas com distúrbios alimentares.

Como a Hipernatremia age no organismo

O ser humano bebe água e urina para que ocorra o equilíbrio dos níveis de sódio presentes no sangue. Em paralelo ocorre o equilíbrio também de outros eletrólitos como o potássio. Os níveis de sódio aumentam exponencialmente quando acontece um intercâmbio anormal entre a água, o sódio e o potássio.

O corpo saudável tem pleno controle da ingestão e excreção de água e sal mantendo dessa forma o equilíbrio constante. Uma pessoa que sofre de Hipernatremia não consegue realizar esse controle tendo dessa forma o aumento de sódio.

Um dos fatores que pode ser responsável por essa mudança que interfere no equilíbrio de sódio-água no organismo é a liberação de uma quantidade maior ou menor de um hormônio chamado Vasopressina Arginina ou (AVP) que é um hormônio antidiurético.

Como evitar a Hipernatremia

Pessoas que não apresentam nenhum problema de saúde como Diabetes, por exemplo, não tem motivo para ter dificuldades em seu mecanismo de sede. Isso faz com que não haja motivos para que seja desenvolvido um quadro de Hipernatremia. A recomendação mais básica para evitar essa condição é beber pelo menos 2 litros de água todos os dias.

Nos dias mais frios pode ser mais difícil se lembrar de beber água, mas não deixe que isso aconteça, pois com isso você favorece um quadro de desidratação que pode abrir o caminho para a Hipernatremia.

Outras atitudes importantes para prevenir esse distúrbio metabólico é não usar diuréticos e procurar tratamento para quadros de vômitos e diarreias. Fique atento ainda a efeitos colaterais de medicamentos que você esteja usando para tratar alguma doença.

Tratamentos médicos para Hipernatremia

tratamentoO primeiro passo para tratar a Hipernatremia é identificar qual é a sua causa. Geralmente as medidas adotadas se referem a diminuir a ingestão de sódio e aumentar o consumo de água. Casos que exigem mais atenção são aqueles em que existe uma razão clínica para a perda de água como indivíduos com crises de vômito, diarreia, suor excessivo, queimaduras na pele entre outros.

Nos casos em que a causa tem fundo hormonal é fundamental tornar os níveis dos mesmos normais novamente para que o consumo de água possa se normalizar e com isso a redução de sódio aconteça naturalmente. Já se a causa é a ingestão de líquidos intravenosos administrados em hospitais para pacientes em recuperação a solução é aplicar medicamentos que resolvam a questão.

O distúrbio de Hipernatremia pode ser bastante sério então se perceber que está com dificuldades para sentir sede não hesite em procurar um médico.