Modalidade de treinamento que une ioga, meditação, crossfit e artes marciais.
Você curte trabalhar o físico, mas também gostaria de poder trabalhar a mente? Então,  já pensou poder aliar até quatro modalidades de atividades físicas e, de quebra, trabalhar a saúde espiritual?  Parece um sonho, não é? Então, anime-se, pois isso já é possível e tem até nome: mahamudra.

Atual queridinha dos famosos, guarde bem esse nome, Mahamudra, cujo significado é “hiperconsciência”, também é classificada como um método de desenvolvimento humano, baseado em uma vertente homônima do budismo tibetano.

Na verdade, Mahamudra, mais do que um método, está sendo vista como um novo conceito de movimento, uma filosofia, que mistura vários elementos.

Apesar do nome, esse método foi criado por um brasileiro, o ex-modelo César Curti, de 28 anos, após sete anos morando na Ásia, ao retornar para o Brasil, em 2013.

Vale saber que muitas adaptações vieram da Mahamudra, com movimentos de outras modalidades, como é o caso do Burppe Kamikaze e outros.

No geral, a Mahamudra é uma modalidade muito interessante para quem busca fazer mais do que uma atividade física, para quem busca a integração de fatores relacionados a mente e ao espírito.

O que é Mahamudra?

Modalidade de treinamento que une ioga, meditação, crossfit e artes marciais.
Então, ao retornar ao Brasil, César resolveu criar uma modalidade de treinamento que unisse ioga, meditação, crossfit e artes marciais.

Na verdade, Mahamudra é  um método de desenvolvimento humano, que tem o foco na evolução constante da pessoa, com o propósito de garantir a saúde em três pilares, igualmente importantes e interligados entre si: corpo, mente e espírito.

O mais legal é que a Mahamudra trata todos os pilares com a mesma importância, não dando mais ênfase para um ou outro.

Um dos preceitos da Mahamudra é que a felicidade plena não pode ser alcançada com algum aspecto da vida negligenciado, ainda que a pessoa obtenha sucesso absoluto nos demais.

A Mahamudra, por unir esportes com enfoques diferentes, quando associados, acabam trazendo mais benefícios ao indivíduo do que práticas isoladas.

Como são as aulas de Mahamudra?

Modalidade de treinamento que une ioga, meditação, crossfit e artes marciais.
Embora ainda esteja em fase de crescimento no Brasil, o mahamudra promete ir além da academia para moldar o corpo. A atividade é feita, preferencialmente, ao ar livre e dividida em fases, começam com exercícios de ioga e respiração (parte chamada de “aquietamento’’), passam para a física (muito intensa), e terminam com uma conversa entre os participantes.

A Mahamudra é praticada em turmas de até 25 alunos, divididos nas categorias iniciante, intermediário e avançado.

Uma aula de Mahamudra totaliza 70 minutos e pode chegar a queimar mais de mil calorias, claro, dependendo do metabolismo e da intensidade individuais.

E, na questão corporal, tudo o que é feito na Mahamudra é baseado primeiramente na respiração, pois, segundo os precursores do movimento, a vida se inicia e se encerra com a respiração. Depois que a respiração é dominada e a pessoa passa a ter controle sobre ela, se iniciam as práticas corporais.

Qualquer pessoa pode praticar Mahamudra?

Como já foi dito, a Mahamudra não apenas trata do espírito, ela também é focada em movimentos e práticas corporais, baseadas na Yoga, tanto que a modalidade costuma ser confundida com a mesma em certos momentos. Por isso, foram adicionados movimentos mais intensos, para que fosse possível separar o que é Mahamudra do que é Yoga.

Por conta disso, por serem incluídos alguns treinos mais pesados,  o método tem limitações em alguns casos.

No geral, assim como em qualquer outra modalidade, todo mundo está apto para fazer este treinamento, desde que respeite seus limites.

O importante é começar com calma e ter cuidado ao fazer os movimentos.

As aulas serão divididas em níveis (básico, intermediário, avançado e elite). O que muda de um nível para o outro são os movimentos exigidos, tempo, carga e número de repetições.

Exercícios mais comuns do Mahamudra

Modalidade de treinamento que une ioga, meditação, crossfit e artes marciais.

De maneira geral, a Mahamudra é uma modalidade de treinamento generalista, que não tem especialidade pré-definida e não foca em um só objetivo. Com isso, ela traz melhora do condicionamento geral.

Isso é bastante interessante para algumas pessoas, já que, nesse sentido, conseguimos uma melhora geral de diversos aspectos.

Embora pareça mais leve, não se deixe levar pela aparência, pois uma aula completa de mahamudra pode durar mais de 1 hora e queimar cerca de mil calorias.

E se prepare para suar, pois a  Mahamudra parece levinha, mas não é, se baseia em modalidades como yoga, treinamento funcional, corrida, bicicleta, muay thai, kung fu, jiu jitsu, boxe, ginástica artística, calistenia e circuitos baseados em treinos militare, Crossfit e meditação.  Tudo isso cria um mix quase que inesgotável de possibilidades de movimentos. Além disso, a Mahamudra trabalha em níveis de desenvolvimento (iniciante, intermediário e avançado).

Cada sessão é dividida em três partes.

  • O primeiro período é o chamado aquietamento, que inclui exercícios de respiração, alongamento e movimentos de yoga.
  • A segunda etapa do treinamento é onde acontecem os exercícios, que podem ser feitos com o auxílio de barras, sacos de areia, kettlebells, argolas e elástico e não seguem uma rotina específica. No treino também podem aparecer acrobacias e atividades que utilizam o corpo do próprio aluno como carga, além de exercícios que imitam os movimentos de animais como minhoca, urso, caranguejo e jacaré.
  • Já na última parte da sessão acontece o chamado Sono Profundo, em que os alunos têm um período de relaxamento para a mente e o corpo.

O treino ainda pode trazer o Desafio do Dia, em que o professor passa desafios de ordem psicológica, como ficar uma semana inteira sem fazer nenhum tipo de reclamação ou pede que os alunos tentem realizar uma série complicada de ser executada.

Alguns circuitos em grupo chamam atenção por exigir que os participantes sigam o ritmo dos colegas, treinando até que este termine suas atividades. Ao final, todos são convidados a agradecer pelo momento e relaxar.

Se você faz parte daquele grupo de pessoas que não se sente completamente satisfeita em apenas desafiar o corpo na musculação, então, a mahamudra é para você!

Porém, diferentemente, da musculação, não dá para calcular suas cargas e nem realizar exercícios de hipertrofia convencionais, porém, a definição é um grande ponto alto do treinamento, especialmente por queimar muita gordura.
Modalidade de treinamento que une ioga, meditação, crossfit e artes marciais.
Vale ressaltar que o principal objetivo do treinamento na Mahamudra é aprimorar e apresentar aos alunos diversas técnicas que a maioria jamais pensou em praticar. Sendo assim, uma forma inovadora de fazer com que seus praticantes movimentem todo o corpo de diferentes formas e ritmos.

Por isso, é comum os alunos se depararem com os seguintes exercícios:

  • Escalada invertida
  • Minhoca HI-5
  • Equilíbrio
  • Abdômem duplo e etc…

Bem, é isso, e você, o que achou da Mahamudra, a nova sensação qe já é sucesso entre seus praticantes?