pilula-do-dia-seguinte efeitos colateraisPílula do dia seguinte

Grande parte das maneiras de evitar uma gravidez indesejada é utilizada antes ou no momento da relação sexual, como o anticoncepcional e o preservativo, porém a pílula do dia seguinte pode ser eficiente em até 5 dias após o sexo sem prevenção, mas o efeito tem uma variação de acordo com o tempo que demora para tomar a pílula após a relação sexual. Mas lembre-se sempre que esse é um método emergencial, não deve ser usado sem antes consultar seu ginecologista.

É importante deixar claro que a pílula do dia seguinte protege apenas contra gravidez não desejada, doenças sexualmente transmissíveis só podem ser prevenidas com o uso indispensável de preservativos e outros métodos anticoncepcionais, tem muitos métodos diferentes ao seu alcance, pode-se escolher quais deles se adaptam mais ao que você gosta, mas o uso da camisinha e do anticoncepcional genérico é sempre recomendado, não importa o caso.

Pílula do dia seguinte funciona bem?

pilula-do-dia-seguinte-funciona-bemPor mais que seja uma chance bem pequena, podem-se engravidar mesmo ingerindo a pílula, alguns cuidados devem ser tomados para que isso não aconteça, principalmente se:

  • Se a pílula não for tomada em até 72 horas depois do sexo desprotegido;
  • Se estiver tomando remédios fortes que podem diminuir o efeito da pílula;
  • Se tiver diarreias ou vômitos até 2 horas após a ingestão da pílula;
  • Se já tomou a pílula do dia seguinte muitas vezes em um só mês.

Se acontecer qualquer uma dessas coisas, deve-se consultar o farmacêutico ou o médico para saber qual é o próximo passo a seguir, não faça nada por conta própria, é necessário falar com um ginecologista antes de qualquer coisa, ainda mais para os casos de obesidade mórbida, pressão alta e problemas de coração. A pílula não deve ser usada durante a gravidez, a amamentação ou se a mulher tiver alergia a um componente do remédio.

A pílula é mais eficiente nas primeiras horas após o sexo, é muito recomendado que todas as mulheres que tenham uma vida sexual ativa e não querem ter filhos por enquanto, devem manter uma caixa desse medicamento para emergências caso haja a relação sexual sem o uso de camisinha e anticoncepcionais, mas só para emergências.

Se a mulher tomar a pílula e tiver outra relação desprotegida no período de 24 horas, dependendo da pílula é possível tomar uma segunda dose, mas não mais que isso, consulte seu médico para saber mais, é sempre bom estar preparada, nunca se sabe o que pode acontecer.

As mulheres que já usam anticoncepcional periodicamente e, mesmo assim, precisam da pílula por terem esquecido de toma-lo da maneira certa, podem reiniciar a pílula convencional no mesmo dia, porém, já que é um retorno da pílula, na primeira semana a mulher deve usar outros métodos contraceptivos em conjunto com a pílula, pois não vai estar protegida nesta semana.

Pílula do dia seguinte, efeitos colaterais

A pílula do dia seguinte como todos os medicamentos tem seus efeitos colaterais, que variam de mulher para mulher, esses efeitos da pílula do dia seguinte podem começar a aparecer em até duas horas após a ingestão do comprimido e podem durar até dois dias, e a menstruação pode continuar modificada em até 3 meses após o consumo da pílula.

Os efeitos colaterais que a pílula pode provocar são:

  • Dor abdominal;
  • Dor de cabeça;
  • Cansaço excessivo;
  • Náuseas e vômitos;
  • Sensibilidade nos seios;
  • Desregulação Menstrual;
  • Diarreia;
  • Sangramento fora do período menstrual.

É necessário lembrar que é um medicamento, todo medicamento pode viciar, deve ser usado moderadamente para que o organismo não se acostume com esse medicamento, pois como qualquer outro usado excessivamente, pode trazer complicações ao organismo, pois se muito usada vai perder seu efeito, e depois que viciar, a falta dela pode te prejudicar e muito, como qualquer outro tipo de vicio.

Pílula do dia seguinte engorda?

pilula-do-dia-seguinte-engordaAs mulheres têm muito medo de tomar a pílula e engordar, mas as vezes a pílula é a única solução, há muitas maneiras de evitar qualquer tipo de aumento de peso, sim, a pílula do dia seguinte engorda, isso não podemos negar, ela tem altas doses de estrogênio, que retém o liquido no nosso corpo e causa o aumento de peso.

Outra coisa que engorda é o uso excessivo do remédio, pois danifica a habilidade do nosso organismo de transformar o açúcar no nosso sangue em energia para o corpo, aumentando a glicose no sangue e causando o aumento de apetite, que leva também ao aumento de peso.

É aconselhável uma alimentação saudável e regulada, também uma boa dose de exercícios físicos para prevenir esse aumento de peso causado pela pílula, mas não se exceda nos exercícios e não se alimente mal também, antes de começar, é sempre bom visitar um nutricionista para pedir recomendações.

Caso veja que engordou após tomar a pílula, procure um médico e veja por que isso aconteceu, além disso, lembre-se sempre que é um método de emergência, só deve ser ingerida caso esqueça de tomar o anticoncepcional e usar camisinha, e mesmo assim, não deve ser usada constantemente.

Pílula do dia seguinte atrasa menstruação?

engordaAs vezes a pílula do dia seguinte pode alterar um pouco a data da sua menstruação, pois a pílula provoca uma mudança hormonal e uma grande adaptação no organismo. Cada mulher reagira de uma maneira diferente e o tempo da menstruação pode adiantar alguns dias ou atrasar, dependendo da reação do seu organismo ao medicamento, cada organismo pode reagir de um jeito diferente, lembrando que a pílula tem uma mínima chance de falhar, então caso a menstruação demore mais de 4 semanas para aparecer, faça um teste de gravidez para se certificar.

Todo o tipo de precaução deve ser tomado antes de usar a pílula, ela deve ser um último recurso, só utilize após já ter falado com um ginecologista e saber se esse medicamento não vai lhe prejudicar, não esqueça que sempre tem os anticoncepcionais e camisinhas que podem prevenir a gravidez indesejada e terão menos efeitos no seu organismo, além de muitos outros métodos anticoncepcionais que estão no mercado.