Que nutrientes precisa de seu corpo para manter a homeostase

2Mai 2014

A HOMEOSTASE
Antes de passar a fazer uma descrição de todos os elementos necessários para manter a homeostase, vamos tentar definir, brevemente, em que consiste a homeostase do ponto de vista médico e biológico:

O QUE É A HOMEOSTASE
Todos os organismo vivos têm esta propriedade, e quando a perdem sobrevém a doença e a morte: estamos nos referindo à capacidade de manter uma condição interna estável, compensando de instante em instante, de todas as tentativas e influências de seu ambiente, alterando seu estado equilibrado, o que levam a cabo mediante o intercâmbio de substâncias e energia com o exterior (metabolismo).
Para isso é imprescindível a comunicação retroalimentaria com o resto dos sistemas circundantes. Exemplo de regulamentos homeostáticas são a temperatura do corpo e o equilíbrio ácido-básico ou pH.

TRABALHO COORDENADO
Por isso, todos os órgãos e sistemas do corpo têm de trabalhar interativa e harmonicamente. Ao mesmo tempo, cada sistema deve satisfazer suas próprias necessidades metabólicas.

O corpo humano ( e, em geral, qualquer organismo biológico complexo) é uma máquina quase perfeita, que tem de receber energia para poder funcionar.
Processa essa energia e excreta os produtos de resíduos.
Entre os princípios energéticos que recebe são as proteínas, os hidratos de carbono e as gorduras.
Os minerais também são fundamentais, pois fazem parte dos sistemas hormonais e enzimáticos de muitos sistemas orgânicos.
Vejamos os mais importantes:

MINERAIS
Mesmo se você tem a tendência a pensar que somente os carboidratos, proteínas ou gorduras são importantes para a nutrição do corpo, a verdade é que este, sem a presença e fornecimento contínuo de minerais e oligoelementos não pode sobreviver: o cálcio, o potássio, o magnésio, o fósforo e o cloreto, bem como pequenas quantidades de ferro ou cobre, zinco, iodo e flúor, e também selénio são fundamentais para poder realizar a grande maioria dos processos metabólicos.

VITAMINAS
Além disso, é imprescindível a presença no organismo de treze vitaminas, que têm de ser incorporadas através da alimentação, já porque o corpo não preduce suficiente de alguns, ou porque não as fabrica em absoluto:
São as vitaminas A, C, D, E, K, o grupo das vitaminas B (entre as quais se encontram a tiamina, riboflavina, niacina, Vit B6, ácido fólico e B12, o ácido pantoténio e biotina)

Para que a dieta seja adequada tem de incorporá-las, e isso se consegue comer frutas variadas, legumes, grãos inteiros, sementes, nozes, carnes, peixes, assim como feijão e alguns produtos lácteos.

OS HIDRATOS DE CARBONO
Para que processos energéticos, como a respiração e a circulação sangüínea possam levar a cabo, são imprescindíveis os carboidratos, pois fornecem energia imediata para o funcionamento de praticamente todas as células do nosso corpo.

TIPOS E FONTES
Os hidratos de carbono presente no amido não são digeridos e não são considerados essenciais para a homeostase, no entanto, contribuem para a estabilidade e bom funcionamento das funções de absorção e assimilação dos intestinos, o que, se não são diretamente responsável pelo fornecimento de energia, fazem possível que o que está em outros alimentos seja corretamente assimilada.

Os carboidratos glucídicos estão presentes nas frutas, cenouras e outros vegetais e leite e derivados. Em relação ao amido, o que encontramos nos cereais em geral, o trigo, a aveia, legumes, arroz, feijão, milho e ervilhas secas.

PROTEÍNAS
Existem dois tipos de proteínas que podemos assimilar através dos alimentos: completa, que fornece os oito aminoácidos essenciais e incompleta, que fornece apenas alguns deles.

PROTEÍNAS COMPLETAS
As primeiras costumam vir da alimentação à base de produtos animais, como carne de boi, ou cordeiro, ou o porco, assim como o frango, o peru e seus produtos, como o leite e os ovos.

PROTEÍNAS INCOMPLETAS
As segundas são normalmente encontrados em alimentos de origem vegetal, que fornecem várias combinações de aminoácidos.
Assim, é importante comer uma variedade de alimentos ricos em proteínas, pois isso nos dará os aminoácidos de que precisamos para manter a homeostase do nosso corpo.

ÁCIDOS GRAXOS OU GORDURAS
As gorduras são uma fonte essencial de energia para o nosso corpo.
De dois tipos principais: saturadas e insaturadas, e ambos os tipos são necessários, se bem que em diferentes proporções, para que a homeostase, (quanto ao que se refere, especificamente, ao isolamento e proteção das células –através das membranas – e a coagulação do sangue), de nosso corpo seja possível.

ONDE ENCONTRAR
Encontramos fontes de gorduras saturadas nos alimentos de origem animal (carnes, peixes e produtos lácteos).

Em produtos vegetais e óleos encontramos gorduras insaturadas: por exemplo, o azeite tem gorduras estou apaixonado, mas os frutos secos (nozes e outras sementes, como as de girassol), têm predominantemente gorduras poli-insaturadas.

CONCLUSÕES PRÁTICAS
Como vimos, praticamente temos de comer de tudo, de uma forma equilibrada e harmônica, sem que haja a preponderância em relação a algum tipo de alimento, se é que queremos que o nosso corpo funcione adequadamente, assim, não nos radicalicemos quanto ao comer e apreciar a variedade.