Remédio-para-emagrecer Remédio para emagrecer

Atualmente, boa parte da população mundial apresenta sobrepeso e o desejo de emagrecer. Porém, se para acumular o peso extra se levam anos as pessoas desejam que sua eliminação aconteça em apenas algumas semanas. A busca pela perda rápida de peso, seja por motivos estéticos ou de saúde, pode encontrar um aliado nos remédios para emagrecer. Contudo, temos que deixar bem claro que o uso de qualquer medicamento para emagrecer deve ter prescrição e acompanhamento médico.

Diferentes Tipos de Medicamentos Para Emagrecer

A primeira questão que deve ser esclarecida é que os medicamentos para emagrecer não são todos iguais e que podem agir de maneiras diferentes no organismo. A seguir explicamos melhor quais são as características dos medicamentos Anorexígenos, Sacietógenos e Inibidores da Enzima Lípase.

Remédios Para Emagrecer Anorexígenos

Remédios-Para-Emagrecer-AnorexígenosA nomenclatura desse grupo de medicamentos pode ser também Anorético ou Anomirineronético. A referência a palavra anorexia se dá pelo fato que esses medicamentos atuam no organismo promovendo verdadeira aversão do indivíduo a alimentos. São medicamento muito perigosos que de maneira geral são chamados de anfetaminas e metanfetaminas. A ação desses medicamentos pode ser comparada a ação de drogas como o craque e a cocaína.

Principais Medicamentos Anorexígenos

Anfepramona

No ano de 2011 a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu a comercialização desse medicamento por acreditar que ele tinha efeitos colaterais muito intensos. Porém, ser um dos mais eficazes para combater a obesidade voltou ao mercado, mas só pode ser comprado com prescrição médica.

Anfetaminas

Os medicamentos feitos a base de anfetaminas são proibidos pela Anvisa por terem status de drogas. As anfetaminas atuam diretamente no sistema nervoso de maneira que o cérebro passa a trabalhar mais rapidamente e ainda inibe o apetite. Em teoria esses medicamentos agem oferecendo mais energia para a prática de atividade física e inibem a fome, mas na prática podem ser bastante perigosos para a saúde.

Remédios Para Emagrecer Sacietógenos

Remédios Para Emagrecer SacietógenosA ação dos medicamentos Sacietógenos se dá diretamente no sistema nervoso central contribuindo para que sejam liberados quantidades maiores de dois neurotransmissores: dopamina e noradrenalina. Com mais desses neurotransmissores no organismo o indivíduo fica mais agitado por sentir menos sono e também tem seu apetite reduzido por passar mais tempo com a sensação de estar saciado. O grande problema com esse tipo de medicamento é que a combinação de serotonina e dopamina causam dependência.

Principais Medicamentos Sacietógenos

Sibutramina

Medicamento que age no organismo oferecendo maior concentração de serotonina de maneira a fazer com que o indivíduo se sinta com mais energia e com menos apetite. Contudo, esse remédio para emagrecer tem contraindicações para pessoas com problemas cardiovasculares.

Tesofensina

Medicamento bastante semelhante a Sibutramina também é apresentada como um potencial queimador de gorduras. Porém, também como o outro medicamento pode trazer riscos para a saúde.

Hoodia

Trata-se de um tipo de cacto (Hoodia gordonni) que é conhecido por sua ação de inibição do apetite, existem relatos de que alguns indivíduos podem ficar muitas horas sem se alimentar. Porém, só pode ser usado com prescrição médica.

Lorcaserina

Um medicamento que tem mais semelhanças com antidepressivos do que propriamente com medicamentos para emagrecer. Uma das promessas desse medicamento é oferecer emagrecimento sem os efeitos colaterais dos outros remédios para emagrecer. Vale a ressalva que a FDA (órgão que regula os medicamentos nos Estados Unidos) proibiu a venda desse medicamento pela falta de provas de sua eficiência.

Naltrexona + bupropiona

Medicação usada para casos em que é necessário regular o apetite e evitar quadro de compulsão alimentar.

Victoza

A aplicação desse medicamento é realizado com uma caneta de ponteira injetável, antes o Victoza era um medicamento para o tratamento do diabetes, mas se percebeu sua grande eficiência para promover o emagrecimento dos pacientes.

Belviq

Um medicamento que foi aprovado pelo FDA e que tem ganhado destaque nesse mercado por promover a eliminação de cerca de 10% da gordura total do corpo.

Remédios Para Emagrecer Inibidores da Enzima Lípase

Para compreender como esses medicamentos podem ajudar é necessário conhecer a função da enzima lípase. Essa enzima tem como principal função promover a quebra das moléculas de gordura de maneira que parte delas são absorvidas pelo organismo. A partir do momento que o organismo passa a contar com os inibidores dessa enzima as moléculas de gorduras passam a ser eliminadas inteiras através das fezes.

Os medicamentos que se encaixam nessa categoria possuem o inibidor de lípase chamado Orlistate que é produzido por Streptomyces toxytricini e age reduzindo a quantidade de gordura que é absorvida pelo organismo.

Principais Medicamentos Inibidores da Enzima Lípase

Xenical

A função do medicamento é diminuir a quantidade de absorção calórica das refeições feitas pelo indivíduo, no entanto, há que se destacar que seu efeito colateral mais observado é a diarreia incontrolável. Medicamentos que estão no grupo dos inibidores de lípase tem como principais efeitos a flatulência e dificuldade de controlar a evacuação.

Importância de Consultar um Médico

Os medicamentos para emagrecer são em geral de tarja vermelha ou tarja preta, o que significa que podem trazer uma série de efeitos colaterais e que demandam receita médica para que possam ser adquiridos. Isso acontece porque são medicamentos que podem ser muito perigosos para a saúde quando usados sem parâmetros. Nossa recomendação é consultar um médico para saber qual é o motivo do seu sobrepeso.

Em muitos casos apenas a mudança do estilo de vida já contribui para se consiga eliminar peso mantendo a saúde. Nem sempre a única solução que se tem a disposição é o uso de medicamentos. Quando o emagrecimento precisa ser rápido por motivos de saúde os médicos podem recomendar algum medicamento, mas sempre com vista nos problemas que o paciente já tem e o que não lhe causará nenhum mal ou potencial desconforto desnecessário.

Suplementos

Uma categoria de emagrecedores que tem crescido no mercado nos últimos anos é a de suplementos naturais que são produtos que não são medicamentos e que de forma geral não apresentam contraindicação podendo auxiliar na eliminação do sobrepeso. Verifique com seu médico a possibilidade de usar um suplemento para auxiliar no seu processo de emagrecimento.