1alimentos processados que você deve evitar a todo o custo

18 Jun 2014

Comidas tentadoras, que são consumidos rapidamente e de caminho para o trabalho, sem que tenhamos que perder tempo em prepará-las… Muitas vezes a preços económicos, doces e ricas… porque abster-nos delas? A resposta é simples: porque fazem mal. Em seguida nós alistaremos alguns alimentos elaborados que você deve evitar se quiser manter a sua saúde a longo prazo.

LISTA DE ALIMENTOS A DESCARTAR
Nuggets de frango: atrativos, comem com os dedos sem sujar nada e nos enche rapidamente. Evite-os se os vê na carta do restaurante e ainda se estão lá no fundo do seu freezer. Têm um elevado teor de sal, gordura e conservantes.
Batatas fritas onduladas: contêm uma grande quantidade de calorias, ingiriéndolas regularmente, pode vir a sofrer de diabetes e excesso de peso. Além de calóricas, são muito pouco nutritivas e seu efeito sobre os níveis de açúcar no sangue é quase nulo. Se você adora as batatas, faça-as assadas, dorándolas sem óleo.
Refrigerantes: se quiser incorporar calorias e nenhum nutriente, engordando, esta é a fórmula ideal. Os refrigerantes produzidos contêm um tipo de açúcar é prejudicial para a saúde, o xarope de milho de alta frutose. Isso provoca picos de açúcar no sangue e faz mal ao fígado. Mesmo os refrigerantes provocam o desenvolvimento de doenças infecciosas e câncer, porque provocam um meio ácido no corpo.
Cachorros-quentes: este alimento e qualquer outro tipo de carne processada, contendo toneladas de componentes artificiais, como aromatizantes e conservantes. Os recheios são de carnes baratas de má qualidade e possuem muito sal. Além disso, os alimentos processados sob pressão extrema perde suas propriedades nutricionais.
Hambúrgueres: fast food aumenta o risco de diabetes. De acordo com estudos recentes, as mulheres que comiam hambúrgueres em cadeias de fast-food ao menos duas vezes por semana eram mais propensas a apresentar um diagnóstico de diabetes do que aquelas que elegiam outras opções para sua alimentação.
Cereais açucarados: os cereais para o pequeno-almoço que vêm cobertas com uma fina camada de açúcar é outro fator que contribui para a diabetes. Para evitar esta situação, além disso, é necessário incorporar alimentos com um elevado teor de fibra, e este tipo de grânulos de açúcar costumam apresentar muito pouca fibra alimentar. Recomendamos ler bem os recipientes e escolher os produtos que contenham pelo menos 5 gramas de fibra por porção e pouco açúcar.
Barras de granola: costumam conter muito xarope de milho de alta frutose, um item que faz os doces. Algumas delas têm um pouco de mel, mas o mais comum é que sejam feitas de açúcares prejudiciais. Mesmo que proporcionam uma quantidade excessiva de sódio e muita gordura, o que as tornam pouco saudáveis.
Misturas processadas (pó) de chá gelado: parecem ser uma bebida ideal para o verão, são tentadoras, fáceis de fazer, baratas e refrescantes. No entanto, não são tão saudáveis como a sua preparação poderia sugerir: têm igual ou maior quantidade de açúcar do que os refrigerantes, estão carregadas de elementos saborizantes artificiais, xarope de milho de alta frutose e outros açúcares maus.
Margarina: muitas pessoas pensam que é mais saudável do que a manteiga porque tem origem vegetal. No entanto, é um produto processado cheio de gorduras trans, emulsificantes, radicais livres de conservantes e aditivos que, além de engordar, também provocam danos à saúde.
Pipoca para micro-ondas: se você vai ao cinema ou você gosta de comer algo rico em casa, certamente farás seguido essas tentadoras pipoca no micro-ondas. É importante que você saiba que o produto é geralmente feito com milho geneticamente modificado e adicionado com produtos químicos e sal. Mesmo contém diacetilo, uma substância que destrói os pulmões. Assim, é escolher grãos orgânicos e cozinhar o milho com o óleo de coco em uma panela, é fácil e rápido.