caminhada boa para diabetes

Caminhada, boa para a Diabetes

Caminhar uma média de 30 minutos por dia ou dar 10 mil passos diários é uma medida que pode ajudar-nos a melhorar a nossa saúde cardiovascular e reduzir o excesso de peso e a obesidade, além de reduzir o risco de desenvolver Diabetes.

Pelo menos essa é a conclusão a que chegou um grupo de investigadores do Instituto de Investigação Murdoch Childrens, de Melbourne, após realizar um estudo publicado no British Medical Journal (BMJ), em sua versão na rede.

A pesquisa foi realizada entre 2000 e 2005 em 592 adultos de meia-idade, com o objetivo de fazer um mapa, que mostra os diferentes níveis de Diabetes na Austrália.

Os participantes seguiram uma dieta detalhada e lhes entregou um pedômetro (pequeno aparelho que conta os passos) para que registaram o número de passos que davam ao dia, ou seja, quanto você andou. Alguns deles continuaram a tradicional recomendação de dar 10 mil passos por dia, enquanto outros se mantinham um conselho mais recente, que é o de dar 3 mil passos diários, 5 dias por semana.

Depois de 5 anos, os resultados do estudo mostraram que a sensibilidade à insulina do que aquelas pessoas que davam 10 mil passos diários triplicou com relação ao que se tinham limitado a dar 3 mil.

Segundo os autores do estudo, estes resultados não têm nada que ver com a dieta dos participantes (que seguiam o mesmo regime), mas com uma mudança na adiposidade (acúmulo de gordura) ao longo de 5 anos.

De tudo isso deduz-se a conveniência de promover a atividade física entre os adultos em geral. Muitos estudos anteriores relacionaram o aumento da atividade física com a melhora da sensibilidade à insulina, mas é o primeiro que a vincula diretamente a um número de passos diários.