povos-mais-estressadosO Povos mais estressado – China e México

Embora chineses e mexicanos deixamos de ter uma relação direta em termos de cultura e formas de pensar, hoje partilhamos um traço que alarme os serviços de saúde: o stress relacionado com o trabalho.

O stress relacionado com o trabalho é uma disfunção que se explica como a sobrexposição do corpo em circunstâncias difíceis e exigentes: cargas excessivas de trabalho, preocupações familiares, problemas de casal ou os famosos ‘tempo presente e de todos’, faz com que vivamos em uma tensão crônica e que, por conseguinte, sofrendo um dano à nossa saúde.

Segundo o médico Alfredo Whley Sánchez, do Instituto Nacional de Psiquiatria, entre 30 % e 40% dos funcionários mexicanos sofre de stress relacionado com o trabalho.

É normal que durante a nossa vida enfrentaremos problemas e complicações de todos os tipos, situações em que o nosso organismo reage colocando nos em um estado de emergência conhecido como estresse, onde as funções do corpo, se adequam às necessidades do momento, para conseguir superar a situação.

Embora o estresse é uma reação natural do corpo aos estímulos externos, o desejável é não viver nem acostumar o organismo a manter-se nesse estado por jornadas muito longas, já que durante os períodos críticos, o corpo produz cortisol, hormônio responsável por inibir a função da insulina para aproveitar o mais possível da energia dos alimentos, o que, a longo prazo, faz com que fiquemos sem reservas de energia e aumentar a presença de açúcar no sangue, condição favorável para o desenvolvimento de Diabetes.

É importante identificar os fatores externos que causam situações de estresse e aprender a controlar-nos por meio de diferentes mudanças de atitude:

  • Não nos envolvermos por tarefas enormes que não nos correspondem e focar no que podemos fazer
  • Planejar as atividades diárias, atribuindo tempos e respeitando ele. Aprender a relaxar, dar um tempo para tranquiliza-nos.
  • Fazer exercício regularmente, nos ajudará a libertar-nos de preocupações.
  • Estar conscientes de que não podemos evitar os problemas, sim nós podemos mudar a nossa atitude para com eles.