Fins-de-Semana Explodindo Dietas

27 Aug 2014

Como nutrióloga todas as semanas vejo pacientes que relatam ter se portado a 100% durante a semana, mas a 0% durante o fim-de-semana com a sua dieta. Por isso, regular esses pacientes não conseguem bons resultados quando a perda de peso se trata. Pode ser muito frustrante que todo o esforço de 5 dias para ir para o lixo por dois dias de se comportar mal.

Estar de dieta não é fácil, mesmo durante a semana e que provavelmente você levar uma rotina, sempre haverá tentações, você passará momentos de fome e de mau humor, sempre lhe dar inveja que o compañerito de trabalho está comendo uma rosquinha e um chocolate quente no meio da manhã, enquanto sua traga jícamas e pepinos em um tupper. Mas se a semana é difícil, o fim-de-semana as coisas se complicam muito mais.

Nos fins de semana sempre terão saídas, convites, tempos livres que em tudo o que você pode pensar é na comida, idas ao cinema, onde abunda o cheiro de pipoca com manteiga, e, sobretudo, amigos e familiares que não ajudam te rogando que prove tal ou qual coisa, ou que não sejas chato e tome álcool.

Requer GRANDE força de vontade para sobreviver a um fim de semana sem quebrar a dieta. Mas nem tudo é branco ou preto. Eu sei que é difícil levar a dieta perfeitamente durante o fim-de-semana, mas também há níveis no “quebrar a dieta”.

5 DICAS PARA QUE OS FINS-DE-SEMANA NÃO CAUSEM ESTRAGOS NO SEU PESO E NA SUA DIETA
1. COMPENSA: Sim você acorda às 12:0do dia sem ter feito nada de exercício, de um pequeno-almoço um prato de chilaquiles e feijão frito, além de 1 litro de suco e 1 pedaço de pão doce, se você botaneando batatas até que chega a hora da comida, sais a comer e pedir petiscos, entradas, prato principal com acompanhamento e sobremesa e rematas na noite tomando litros de álcool e refrigerante e uns tacos al pastor para fechar… que não se surpreenda que, em um único dia, você pode fazer upload de até 2 quilos.

A chave nos fins de semana é escolher com o que você vai querer portar mal e compensar o resto do dia portándote bem. Por exemplo, se você já desayunaste os chilaquiles com feijão, evita o pão doce e faça o resto do seu dia muito ligerita especialmente comer proteína magra, como frango, peru ou peixe e muitos vegetais. Se sabe que vai tomar álcool, então toma isso como sua comida livre e o resto do dia, segue a sua dieta como faria durante a semana.

2. PLANEJA COM ANTECEDÊNCIA: Se você sabe que você tem um jantar, um casamento ou qualquer evento, então guarde as suas calorias para gastar nesse evento e faça o resto do dia, mais que bom. Acima de tudo evite os carboidratos (pães, massas, omeletes, arroz, feijão, batata) durante o dia e comer coisas pouco gordurosos para que possa comer um pouco mais livremente no seu evento.

3. NÃO ABUSES: Ok, foi utilizada como alimento livre jantar do sábado, já que tinha um casamento, é compreensível que você não pode escolher o que você vai dar de jantar e não tem nada de errado em querer desfrutar de um jantar normal, com os amigos, mas se você já comeste da abundante jantar que se deram no casamento, então não vá para atacar a mesa de doces, como se fosse uma criança na Disneylândia. Mais uma vez, a chave esta em compensação, só por si, já lhe lançaste olho para a mesa de doces e se parece muito, então não comas todos os pratos do jantar, não comas pão, nem sobremesa e assim guardarás espaço para um que outro doce mais tarde.

4. O ÁGUAS COM O ÁLCOOL!: O álcool nos dá calorias vazias, isto quer dizer que não ter nenhuma função metabólica do corpo, este é armazenado como gordura quase imediatamente, se a isto somarmos a mistura com refrigerante e sucos, torna-se uma bomba de açúcar e calorias. Se estiver a tomar, seja moderado e lembre-se de misturar refrigerante light ou com água. De nada serve que você está cuidando muito sua dieta, se você vai quebrar com grandes quantidades de álcool.

5. FAÇA EXERCÍCIO!: É fim de semana e a única coisa que você quer é descansar, mas por outro lado são os dias da semana em que mais tempo livre para você, aproveite este tempo para fazer uma rotina de exercícios intensa que te ajude a compensar com a comida e o álcool, que tomarás mais tarde.

Não se trata de viver sempre restrito e não poder dar-nos gostos, mas quando o fizermos, há que fazê-lo com moderação, para alcançar as nossas metas e objectivos.

Por: LN Daniela Machado de Noriega.
https://www.facebook.com/pages/Nutrición-en-Balance/526858524039047?ref=hl