Liraglutida: nova ajuda contra a Diabetes 2

Liraglutida: nova ajuda contra a Diabetes 2

Aprender a controlar os níveis de glicose quando se apresenta a Diabetes tipo 2, além de ser uma responsabilidade que deve ser levado muito a sério, representa sempre uma despesa no México, estima-se, ascende a mais de 6 mil pesos mensais.

Além disso, segundo a última pesquisa nacional de saúde, destina-se a 0.4% do Produto Interno Bruto para atender a esta doença, em contraste com a fração do PIB destinada para toda a demais investigação científica, que é de 0.3%.

No entanto, isso pode mudar em breve, pois foi desenvolvido um medicamento que pode diminuir o custo do tratamento do Diabetes tipo 2 até cerca de 700 mil pesos por mês, ou seja, você pagaria apenas 30% do custo mensal estimado até agora.

Este medicamento é uma molécula chamada GLP-1 ou Liraglutida, que ao ser administrada atua nas células beta do pâncreas, estimulando a criação e aumento de insulina no sangue, evitando as injeções desta.

O doutor Danilo Verge, envolvido no desenvolvimento deste novo medicamento, explica que, ao contrário dos métodos utilizados até agora no tratamento da Diabetes, instáveis e que provocam conseqüências, com a Liraglutida evitam-se os reobtes e complicações, pois devolve ao corpo a capacidade de produção de insulina, quando este for necessário.

Criada em laboratório dinamarquês Novo Nordisk, esta molécula é uma reprodução de uma que existe em pessoas sem Diabetes, apenas modificada para que o seu efeito é continuar durante 14 horas, a diferença de 5 ou 10 minutos naturais.