O que deve ter em seu refrigerador para perder peso

14 Jul 2014

UM NOVO CONCEITO
Para alguns, a perda de peso é algo que se consegue com uma dieta até conseguir reduzir alguns quilos, continuando depois com a nossa alimentação habitual. O que implica, obviamente, a recuperação do tempo perdido, quando não mais.

Essas famosas “dietas yo-yo” mantêm muitos acorrentados indefinidamente eternas restrições e sofrimentos.

Por isso, o melhor é adotar um estilo de alimentação saudável que inclua alimentos que estimulam a perda de peso. Bem, vamos podermos desembarazar de tanta dieta.

Mas, para isso, há que fazer uma mudança radical desde o mesmo da base, e um dos lugares melhores para dar início a essa mudança é a geladeira. Isso vai nos ajudar a iniciar um novo estilo de vida que promove uma perda de peso que será estável.

O QUE É COMER DE FORMA SAUDÁVEL
Então primeiro definamos o que é comer de forma saudável: se trata de comer porções ajustadas de alimentos nutritivos e saudáveis que tenham pouco ou nada processados, incluindo uma variedade de frutas e vegetais, grãos integrais e proteínas.

Portanto, deixemos de lado os pré-embalados e processados., já que a maioria deles estão saturados de elementos que o nosso corpo não precisa para nada, como os aditivos químicos, gordura trans, açúcares refinados e outros que lhe acrescentam muitas calorias.

Um exemplo: comer uma maçã fresca, em vez de uma compota de maçã comprada no super, adoçada artificialmente e com muitas coisas mais.

ALGUNS ALIMENTOS QUE PODEMOS CONSUMIR E INCLUIR NO NOSSO FRIGORÍFICO
A manteiga de verdade: pode-se consumir com moderação.
O queijo com baixo teor de gordura também está bem de forma moderada, pode comprar queijo em fio com baixo teor de gordura e tê-lo em sua geladeira para um lanche ocasional em pequenas porções.
Quanto ao leite, se pode ter a geladeira desnatado.
O iogurte grego é uma ótima alternativa, principalmente desnatado, para ingerir um alto conteúdo em proteínas (acima da média), mas escolha bem, a ver que não tenham açúcares refinados. Pode ser uma alternativa ao creme de leite e, para muitas receitas.
Você pode adicionar algumas frutas, ou as nozes, para aumentar seu valor nutricional.
Se somos alérgicos a lactose, podemos ter no frigorífico outras alternativas, como leite de amêndoas ou leite de arroz.
Quanto às carnes, que são sempre de aves de carne magra: peito de frango, carne moída de peru e de frango.
Os peixes, temos de fazer com que sejam ricos em omega-3, como o salmão, linguado, truta, anchovas ou camarão.

VAMOS PRODUZIR AS NOSSAS REFEIÇÕES
Procuremos comprar alimentos que favoreçam a perda de peso, como as frutas e verduras frescas.

Se forem congelados, vamos ver no rótulo que não tenham açúcares ou molhos e temperos adicionados.

É fundamental que tenhamos no nosso frigorífico vegetais de folhas verdes como o espinafre ou alface, com o que sempre poderemos preparar uma salada ou usá-los como complemento para um sanduíche

E evite os kétchups processados, mostazas semelhantes fabricação e molhos de saladas compradas e já processadas, que frequentemente contêm agregados perigosos como o xarope de milho de alta frutose: façamos nossos próprios “kétchups” à base de molho de tomate natural, aliñemos nossa saladas com azeite de oliva.

Ou faça seus próprios molhos com ingredientes naturais de seu refrigerador.

Você Verá como, sem tentar, conseguirá perder o peso que lhe sobra e, além disso, manter-se assim.