Porque Você Não Deve Fazê-Lo Caso A Comer De Tudo Com Moderação

Quantas vezes não ouvimos a famosa e malgastada frase “tudo com moderação”, a que se aplica a uma infinidade de coisas, mas se falamos de comida considero que é uma frase muito mal empregada pelo que, na realidade, é muito difícil comer com moderação, é necessário muita força de vontade e que não seja um vício o alimento que se come com moderação.

Existem razões fisiológicas que nos dão a conhecer como as pessoas se tornam viciadas em certo tipo de alimentos, e para eles chega a ser impossível consumir alimentos com moderação.

A DEPENDÊNCIA DE UMA EXPERIÊNCIA PESSOAL
Todo mundo é capaz de criar uma dependência, o mais fácil e à mão o álcool e o cigarro

Posso dizer-te que fume durante vários anos até que tome a decisão de deixá-lo por completo.

Tenho o conhecimento de muitos casos de pessoas próximas a mim com um problema de alcoolismo que têm entrado e saído várias vezes a diferentes centros de reabilitação.

Quantos de nós não temos um caso próximo de problemas de dependência, digo isso porque tenho visto o comportamento de um vício. Como se pode chegar a deixá-la, ou ser um vício.

E também tenho visto como se gera um vício em junk food conheço uma pessoa que já tentou de tudo, desde dietas, suplementação, medicamento, substituir um alimento por outro, e até comer junk food com moderação.

Foi pior porque não funciona, ao contrário, começou a ingerir mais este tipo de alimentos.

O caso é o mesmo que um vício das drogas, se experimentam os mesmos sintomas dos desejos, a necessidade de consumo, os processos do pensamento, não de ser controlado apenas querer comer esse alimento.

É exatamente o mesmo, assim como com as drogas a melhor forma de deixar de comer um alimento é deixar de comê-lo para sempre, a realidade é que a moderação não funciona.

Lhe conforto, esta pessoa que parasse por completo os alimentos sucata, sem dúvidas começaram a ver mudanças fisicamente quase de imediato, perdeu peso e começou a sentir-se melhor fisicamente, é verdade que lhe custou trabalho, porque, no final das contas um vício é difícil de controlar, mas depois de observar os resultados na sua pessoa como contínuo, fazendo o esforço de não consumir todos esses alimentos sucata.

Apesar de que não existem muitas pesquisas e estatísticas confiáveis tenho a segurança de que o vício em comida é um problema muito mais comum do que a gente pensa.

Se você tem problemas com o consumo de junk food ou mesmo que já tentou e não conseguiu controlar o comer esta comida sugiro que considere a possibilidade de deixar por completo este tipo de refeição ao serão registrados todos os benefícios para a sua saúde se você optar por fazê-lo.

As Pessoas Não Crêem Na Dependência Da Comida

dependência-alimentarExistem pessoas que por alguma razão fisiológica não podem comer certos tipos de alimentos por muito que tentem não podem fazê-lo muito menos com moderação. Aqueles que são intolerantes à lactose ou desenvolveram algum tipo de alergia a algum alimento, os intolerantes ao glúten e não podem consumir alimentos que contenham estes ingredientes, pois causam dano ao seu organismo.

Também existe o caso em que as pessoas não podem comer com moderação, pois já se tornou vício consumir um alimento em especial quando falamos aqueles alimentos que chamamos de junk food.

É impossível comer estes alimentos com moderação, para aqueles que já se lhes fez um vício, a única maneira é deixar de comê-las, porque jamais irão consumi-los com moderação.

Existem muitas pesquisas que mostram que certos tipos de alimentos podem levar a uma dependência por exemplo, todos aqueles que contêm açúcares simples, como a frutose.

O certo é que ainda falta muito por pesquisar sobre o vício em comida, os profissionais de saúde devem mostrar mais interesse sobre este tema que pode contribuir de forma responder a muitas questões sobre os alimentos.

Para os profissionais de saúde o mais fácil é pedir às pessoas que eliminem por completo, o alimento que eles tenham feito viciados que nunca será uma tarefa fácil, pois as pessoas entram em uma crise de ansiedade e geram maiores desejos de consumir a comida que lhes era proibida.

Chegará um momento em que voltam a consumir o alimento ao que são viciados e não o farão com moderação ao contrário comerão mais e mais desse alimento que em um futuro talvez possa chegar a problemas gerais de saúde.

O Que Acontece Em Nosso Corpo Que Nos Faz Ter Um Vício?

vicio-em-comidaFisiologicamente, o nosso organismo é uma máquina perfeita, que produz substâncias para conseguir manter um equilíbrio.

Uma dessas substâncias é a dopamina talvez você já ouviu falar dela este é um neurotransmissor que ocorre no sistema nervoso central e se relaciona com as funções motoras, as emoções e os sentimentos de prazer.

A forma como você se libera a dopamina é através de diversas atividades que nos façam sentir “prazer” isso é algo natural que acontece em nosso corpo e é algo bom, desde que não ocorra em grandes quantidades.

Se falamos do comportamento alimentar e da dopamina, os alimentos que contêm açúcar excessiva podem causar a dopamina em grandes quantidades, isto provoca um efeito semelhante a quando as pessoas consomem drogas, por exemplo, a cocaína quando se abusa desta droga é liberada grande quantidade de dopamina, o qual, como faz com que a pessoa se sinta demasiadamente feliz, faz com que se tornem viciados para o consumo, pela necessidade de sentir aquela sensação de prazer apesar de a pessoa que o consome sabe que você está causando um dano físico.

Como não existe um controle na produção deste neurotransmissor não se pode simplesmente tomar a decisão de consumir menos.

Assim acontece com as pessoas que comem junk food em grandes quantidades e não controlam seu consumo.

Haverá Solução?

Apesar de que temos estado falando sobre a abstinência este é apenas o primeiro passo que devemos dar é uma questão de vontade dia-a-dia, ir aderindo a não consumir este tipo de alimento sucata isso sim que é um verdadeiro desafio.

É verdade que é importante tomar a decisão de deixar esse vício, mas se você realmente acredita que possa chegar a ser muito complicado, sempre há profissionais que podem ajudá-lo a levar este desafio a realização de um bom psicólogo, nutricionista, médico especialista em alimentação, programas de auto-ajuda, etc.

O que é verdadeiramente certo é que uma pessoa que já tem um vício por um tipo de alimento em específico, não será capaz de comer “com moderação”. É o mesmo que se lhe dizemos

Uma pessoa que é viciado em fumar, faça-o com moderação ou a um alcoólico que receber com a medida, isso simplesmente não funciona.

Em suma, a solução está nas mãos de cada pessoa é uma questão de tomar a decisão e as coisas vão dar.

Outra Perspectiva: Distúrbios De Alimentação E Dietas Restritas

Distúrbios-De-Alimentação-E-Dietas-RestritasExistem muitos prós e contras em relação às dietas restritas existem estudos que dão a conhecer que as pessoas que se submetem a esse tipo de dieta e não terminam os tratamentos e as deixam podem gerar um impulso por comer mais alimentos sucata e conduzir a gerar um transtorno da alimentação.

É válido dar um pouco de flexibilidade na dieta e incluir ocasionalmente alguns alimentos sucata sem se sentir culpado sempre e quando não seja o alimento certo para o que seja viciado isto com a finalidade de diminuir o risco de desenvolver um distúrbio alimentar.

É importante levar em conta que isso pode vir a funcionar para algumas pessoas, mas não em todos os casos é o mesmo há pessoas que é melhor deixar por completo o consumo de junk food, especialmente, se o vício já foi gerada.

Definitivamente, a frase “tudo com moderação” não acho que funcione realmente. Eu recomendo que você leve em conta esses aspectos, se você decidir ter uma dieta restrita.

CONSELHO:
Se você perceber que você tem um vício em junk food ou conhece alguém ao seu redor que tem este problema não se iluda pensando que você pode comer “com moderação” melhor tomada de decisão e elimina esse produto sucata que te causa tanto desconforto.