Tabaco: tu pior inimigo

Tabaco: tu pior inimigo

O tabaco é o maior inimigo da saúde, pois, causa vários tipos de câncer e aumenta as chances de desenvolver hipertensão e problemas nas artérias, é por isso que o diretor-geral do Instituto Nacional do Câncer (INCA), Luiz Antonio Santini, considera-se que a erradicação do tabagismo é um dos grandes desafios para os órgãos de saúde.

Santini explicou que o tabaco”, está envolvido em muitos tipos de câncer, incluindo o útero, de mama, o de bexiga e rim, além do de pulmão, que é o que todos nós o associamos”. No caso do câncer de pulmão, explicou, “está demonstrado que 90% dos casos está associada ao tabaco, mas também se sabe que o tabagismo, embora não seja uma causa direta, sim, é um fator de risco para muitos outros tipos de câncer, assim como outras patologias”.

O tabagismo é o principal desafio no combate do câncer, já que “não só está diretamente associado a 90% dos casos de câncer de pulmão, mas também está ligado a muitos outros tipos de câncer, como o de colo do útero e o de mama”, segundo detalhou Santini.

Esses dois últimos tipos de câncer são duas das maiores preocupações de saúde no Brasil e em outros territórios da América Latina. Só nesse país, de acordo com seus dados, a cada ano são detectados 50 mil novos casos de câncer de mama e ocorrem cerca de 11 mil mortes, alguns números que fizeram com que as autoridades tenham decidido adoptar uma política utilizada em alguns países europeus, que consiste em incentivar a revisão de rotina a cada dois anos, de todas as mulheres entre 50 e 69 anos.

“Esse é o espectro de idade em que mais casos são detectados, em parte também porque os resultados das mamografias nessas idades dão menos erros, já que o tecido mamário é menos denso”, disse Santini.

Em relação ao câncer do colo do útero, a sua recomendação é que sejam feitas revisões a cada três anos desde que as mulheres começam a sua vida sexual. Para os homens, em geral, não há apelos tão amplas, como no caso das mulheres, embora os especialistas concordam que é necessário estar muito inclinação da saúde, combater a obesidade e o tabaco.