Como não se apaixonar pelo cara errado

Uma das reclamações mais recorrentes atualmente entre as mulheres é que elas se apaixonam sempre por caras que não correspondem esse sentimento, traem, mentem, já tem compromisso ou que ficam sempre em cima do muro na hora de assumir a relação. Se você vive ou já viveu um dos dilemas apontados acima deve começar se eximindo de culpa, pois não é nenhuma vilã e nem é culpada. Mas, afinal como não se apaixonar pelo cara errado?

Uma pergunta que muitas mulheres fazem a si mesmas todos os dias. É normal para as mulheres procurar um parceiro que seja carinhoso, que as ame e que deseje construir um relacionamento duradouro. Porém, isso nem sempre é fácil, antes de encontrar o famoso cara “certo” há que se passar por muitos errados. Vamos entender essa questão…

Existe cara certo?

Antes de partirmos para as táticas para não se apaixonar pelos tipos mais comuns de caras errados é essencial entender o conceito de cara certo. Pare e pense um pouco o que você está procurando em alguém. Geralmente o que as mulheres buscam em relacionamentos são:

  • Amor;
  • Valorização;
  • Sexo.

Não necessariamente nessa ordem, mas esses três conceitos são os mais citados por elas em pesquisas. Encontrar alguém que ofereça amor, valorize suas qualidades e seus esforços assim como lhe proporcione bons momentos de prazer é fechar uma tríade de relação perfeita.

Um cara certo ou cara perfeito é aquele que é certo ou perfeito para atender as suas necessidades. Isso significa que o eleito por você não necessariamente é o mesmo tipo de cara certo eleito pela sua melhor amiga.

Os tipos de caras errados

Para entender como não apaixonar pelo cara errado é importante conhecer mais a fundo os principais tipos de caras errados. A seguir traçamos um breve perfil de cinco tipos que costumam causar estrago: Sr. Comprometido, Sr. Nem sei quem você é, Sr. Vou destruir sua autoestima, Sr. Sou de todas, mas sou seu e Sr. Não me comprometo.

Sr. Comprometido – Apaixonar-se por um homem casado é mais comum do que muitas pessoas pensam. No início do envolvimento a mulher pode ou não saber que ele tem uma relação estável com alguém. Quando a mulher não sabe e descobre pode ser o estopim para o término. Mas, o verdadeiro problema está quando tudo já começa com o prévio conhecimento da parceira.

Esse tipo de cara errado pode ser dividido em dois grupos: os casados convictos (que assumem que não irão se separar) e os casados problemáticos (que juram que irão se separar quando a esposa se recuperar de uma doença grave, etc). Não podemos julgar e condenar sem provas, mas se o cara é casado é sempre melhor sair dessa a tempo.

Sr. Nem sei quem você é – Algumas histórias começam nos lembrando daqueles filmes açucarados da Sessão da Tarde. A moça conhece um cara que é perfeito para ela, em tudo, mas que ainda não sabe disso. Aos poucos ela vai se aproximando dele e mostra o quanto é divertida, gosta dos mesmos livros, séries e filmes e etc. Parece muito bonito, como enredo de comédia romântica funciona muito bem, mas na vida real quantas histórias assim que deram certo você conhece?

Estamos num momento em que é tudo muito direto. Nossa dica nesse caso é, se você conhecer um cara assim e se interessar por ele sonde o terreno. Se sentir segurança e vontade chegue nele e diga com todas as letras que está afim. O erro de muitas mulheres que ficam sofrendo é não dizer o que sentem. Muitas vezes o cara errado desse tipo realmente não sabe quem você é.

Sr. Vou destruir sua autoestima – Um dos piores tipos de caras para se envolver, pois ele realmente cumpre o que nome promete. Hoje em dia muito se fala em relacionamento abusivo e devido a isso é mais fácil identificar quando se vive numa situação de abuso. O que deve ficar claro é que um relacionamento abusivo não se dá somente no âmbito da agressão física, mas também da agressão verbal e moral.

Sendo assim se você está se relacionando com alguém que apenas te faz sentir mal com quem você é saiba que é essencial sair dessa. O objetivo de todo relacionamento deve ser nos fazer feliz. Se isso não acontece é porque não estamos vivendo um relacionamento que irá fazer falta.

Sr. Sou de todas, mas sou seu – Esse é um dos piores tipos de caras errados por quem uma mulher pode se apaixonar. Ninguém gosta de ser traído e quando todo fica sabendo das traições é ainda pior. Geralmente nesses casos todo mundo aconselha a apaixonada a deixar o parceiro que somente a trai, mas mesmo assim ela insiste. Quem vive uma relação assim tem a autoestima arrasada.

Se vocês vivem um relacionamento com status de sério não é normal que ele fique com outras pessoas. Então se é o que está acontecendo é melhor conversar abertamente com o seu parceiro e fugir dessa relação. Já parou para pensar que esse amor bandido faz muito mais mal do que bem?

Sr. Não me comprometo – Talvez esse seja o tipo mais comum de cara errado atualmente. Ao contrário do Sr. Sou de todas, mas sou seu ele não se compromete a dizer que é seu. Esse homem foge de compromisso a qualquer custo ao mesmo tempo que pode ser extremamente romântico e demonstrar que seria um ótimo namorado.

Situações como assistir filme abraçadinhos, passar o dia todo conversando pela internet, receber elogios de como você é linda constantemente podem fazer parte do dia a dia desse homem. No entanto, quando você o beija em público ele quase tem um ataque do coração e faz questão de em certos momentos dizer que você é livre para ficar com outros. O objetivo desse cara é apenas passar o tempo, talvez ele realmente não queira uma relação séria ou não quer essa relação com você.

casal romantico

Como não apaixonar pelo cara errado?

Conhecendo os perfis que traçamos acima você já é capaz de perceber qual tipo ou quais tipos mais causam estrago na sua vida. Saiba que questões inerentes a você é que fazem com que padrões de relacionamento fadados ao fracasso se mantenham. Abaixo você pode saber mais sobre esses padrões.

  • Autoestima baixa

Ter autoestima baixa é o principal motivo para se envolver com qualquer um dos cinco tipos listados acima. No entanto, é preponderante para quem se envolve com o Sr. Comprometido, Sr. Sou de todas, mas sou seu e Sr. Vou destruir a sua autoestima. Esse tipo de relacionamento se baseia no fato de que a parceira não se sente boa o bastante para reagir aos diferentes tipos de abuso e falta de respeito.

Dica para não se apaixonar – Se a sua autoestima anda baixa é bom passar mais tempo com você mesma e aprender a gostar de si primeiro.

  • Necessidade de afeto

É próprio do ser humano gostar e necessitar de afeto, não se sinta culpada por isso. No entanto, não adianta procurar esse afeto nos lugares errados. Boa parte das mulheres que se deixa seduzir pelo Sr. Não me comprometo está em busca de um grande amor e interpreta os momentos de carinho como uma resposta a essa necessidade.

Podemos citar também as mulheres que se apaixonam pelo Sr. Nem sei quem você é nessa categoria. Isso porque se cria um ideal de parceiro, existe a busca de realização dessa necessidade de afeto. O curioso é que se um relacionamento realmente acontecesse pode ser que a própria apaixonada se sentisse no prejuízo por perceber que o parceiro não é o que ela imaginou que fosse.

  • Não sei viver sozinha

Juntamente com a necessidade de afeto está a categoria de mulheres que não consegue viver sozinha. Se você já percebeu que está sempre pulando de galho em galho nos relacionamentos é porque pode não conseguir viver sozinha. Quando não se consegue ficar sozinha pode acontecer de ficar com pessoas que não lhe fazem bem. Abaixo um bom conselho para as duas situações, necessidade de afeto e não conseguir viver sozinha.

Dica para não se apaixonar – Perceba que existem outras formas de se sentir bem e feliz mesmo estando sozinha. Você pode substituir momentos com homens que não te valorizam com momentos com as suas amigas para falar bobagem ou mesmo uma ida ao cinema. Que tal tentar?

  • Gosto por relacionamentos proibidos

Algumas mulheres tem um gosto especial por relacionamentos que de alguma maneira pareçam ser proibidos. Pode ser um Sr. Comprometido que elas juram que vão fazer se separar da esposa, mas enquanto isso não acontece vivem quase uma relação de agente secreto escondidas por aí.

Pode ser ainda uma relação com um Sr. Não me comprometo em que elas tem a certeza que farão com que ele mude de ideia e se relacione. É importante parar para pensar que dificilmente conseguimos mudar as pessoas. Esse é um jogo perigoso e que pode te machucar.

Dica para não se apaixonar – Embora não se possa generalizar é importante deixar claro que dificilmente conseguimos mudar as convicções e as características mais intrínsecas de alguém.